Cá em Casa logo
Outros

Como escolher a melhor fita de LED para o seu projeto

São imensas as opções de fitas de LED disponíveis no mercado. Veja aqui como escolher a melhor para o seu projeto.

09 janeiro 2024
Fotografia de uma fita de LED colorida

Os primeiros LEDs (ligth-emitting diode, ou diodo emissor de luz, em português) começaram a ser fabricados no início dos anos 60. Entretanto, foram nas duas últimas décadas que os LED revolucionaram o mundo com o seu imenso avanço tecnológico em eficiência, brilho e praticidade. As fitas de LED, presentes no mercado há 15 anos, têm ganhado cada vez mais espaço em projetos de iluminação interna e externa que querem fugir do tradicional.

O que são fitas de LED

As fitas de LED são basicamente circuitos eletrônicos com LEDs montados ao longo de uma fita flexível através de um processo chamado de Surface Mount Tecnology (SMT). A fita garante a flexibilidade do circuito ao mesmo tempo em que permite a distribuição da energia para todos os elementos (o cobre é o material utilizado para realizar a conexão dos circuitos individuais de LED ao longo da fita).

O fato de todas as luzes estarem montadas em linha ao longo de uma fita garante uma enorme versatilidade a esse tipo de produto.

Características das fitas de LED

<BULLET> Flexibilidade: são capazes de adaptar-se a qualquer tipo de superfície reta ou com curvas. Além disso podem ser enroladas em carreteis, o que facilita muito o seu armazenamento e transporte.

<BULLET> Fácil instalação: além da instalação elétrica ser muito simples, as fitas de LED vêm com um adesivo e podem ser fixadas a diversas superfícies.

<BULLET> Excelentes para iluminação indireta: por serem apenas uma fita, é possível posicioná-las atrás de objetos e garantir uma iluminação indireta extremamente confortável e charmosa. Na maioria dos casos, isso seria impossível com lâmpadas comuns.

<BULLET> Dimerizáveis (controle do brilho): como são circuitos eletrônicos, a intensidade do seu brilho é totalmente controlável e pode ser feita através de um comando remoto ou uma aplicação de telemóvel.

<BULLET> Resistentes a água: algumas fitas são feitas especificamente para ambientes externos ou molhados e são à prova d’água.

<BULLET> Opções de cores: existem diversas opções de cores disponíveis. Para além disso, as fitas com LEDs RGB (red, green, blue) são capazes de emitir milhões de cores à sua escolha.

Customizáveis: além dos inúmeros modelos disponíveis, as fitas podem ser cortadas e conectadas para se adaptarem a qualquer dimensão. Podem também ser controladas à distância com comandos remotos ou aplicações para telemóvel, por Bluetooth ou WiFi.

Como escolher a melhor fita de LED?

Alguns fatores devem ser observados antes de escolher a melhor fita de LED. A seguir, faremos uma breve descrição sobre o que você deve observar antes de escolher a sua.

Qual a cor da iluminação desejada?

Esse é um fator extremamente importante. Numa cozinha, talvez não faça muito sentido instalar uma iluminação colorida. Já numa casa de banho, sala de jogos, ou quarto infantil, as cores vão tornar o ambiente mais divertido ou relaxante.

LEDs coloridos RGB

As fitas com LED coloridos RGB são as mais comuns. São excelentes para decorar a casa para os feriados, como Halloween e Natal. Além disso também são muito usadas para criar ambientes divertidos e relaxantes.

Foto de um LED RGB em detalhe
É possível ver a presença dos 3 LEDs individuais que compoem um único LED RGB.

Os LEDs coloridos RGB (red, green, blue) emitem 3 cores básicas separadamente: vermelho, verde e azul. Ao combinar essas 3 cores e variar a intensidade de cada uma delas, um LED RGB é capaz de emitir milhões de cores, literalmente. Em geral cada cor tem 256 variações, portanto o número total de combinações possíveis é de 256 x 256 x 256, que é igual a 16,7 milhões de cores, aproximadamente.

Apesar dos LEDs coloridos também serem capazes de simular a luz branca, o branco resultante do RGB na maioria das vezes não é um branco puro, e apresenta um tom levemente azulado ou roxo. As fitas com LEDs brancos emitem apenas luz branca e, portanto, o fazem com melhor qualidade.

LEDs brancos

Uma fita de LED não precisa ser colorida. Se faça a seguinte pergunta: quantas vezes você pretende colocar a sua fita LED com alguma cor diferente do branco? Se a resposta for “quase nunca”, você provavelmente vai se sair melhor com uma fita com LEDs exclusivamente brancos, pois existem algumas vantagens.

Foto de um LED branco em detalhe
Uma fita com LEDs exclusivamente brancos pode ser a melhor alternativa para quem não pretende utilizar outras cores.

Ao escolher uma fita de LEDs brancos, você precisa decidir a temperatura do branco desejado. A temperatura é medida em Kelvin (K). Luzes brancas com valores de temperatura entre 2000-3000K são consideradas quentes (mais amareladas) e em geral são mais confortáveis, ideais para um quarto. Luzes com valores de temperatura entre 3000-6000K são consideradas mais frias (mais brancas) e são ideais para uma cozinha ou casa de banho.

Existem fitas de LED branco com a temperatura ajustável e permitem escolher um branco mais quente ou frio com o auxílio de um controlo remoto ou app de telemóvel.

LEDs coloridos e brancos na mesma fita (RGB-W)

Para quem precisa das cores do RGB e também de um branco de qualidade, algumas fitas tem os 2 tipos de LED, e são chamadas de RGB-W (red, green, blue, white). Existem dois tipos de fitas RGB-W. Veja a foto abaixo:

Detalhe com os vários tipos de LED branco.
Tipo 1 (à esquerda): as quatro cores (vermelho, verde, azul e branco) dividem o mesmo LED e são também chamadas de “4 em 1”. Tipo 2 (à direita): os LEDs RGB e branco são separados e alternados na fita, um após o outro.

Para instalações onde a fita ficará visível, você deve escolher uma fita RGB-W do tipo 1, pois a fita do tipo 2 deixará gaps visíveis quando um dos LEDs (o RGB ou o branco) estiver apagado. Para instalações onde a fita ficará escondida e a iluminação será indireta, você deve utilizar o tipo 2 (com os LEDs separados), pois ela oferece mais intensidade de luz e melhor dissipação do calor.

Qual a densidade ideal de LEDs na fita?

A densidade de LEDs na fita é medida em LEDs/metro. Quanto maior a densidade de LEDs, maior será o brilho emitido. Especialmente em fitas que ficarão visíveis (iluminação direta), uma densidade alta é importante para que a fita não fique muito “tracejada”, com os LEDs visivelmente distantes uns dos outros.

Fitas de LED em várias densidades.
Fitas de LED em várias densidades.

As densidades das fitas podem variar de 30 a 240 LEDs por metro. Em geral, uma fita com densidade de 60 LEDs por metro é suficiente para a maioria dos projetos de iluminação.

Qual o tipo de LED da fita?

Muitas fitas de LED vendidas no mercado já vêm com um kit completo, composto de fita de LED, fonte de alimentação, controlo remoto, conexão WiFi ou Bluetooth, etc. Neste caso, a fonte de alimentação que acompanha o kit certamente é a fonte ideal para aquela fita.

Em geral, os LEDs de uma fita são descritos por 4 números. Os modelos mais comuns que encontramos no mercado são o 3528 e o 5050.

Tipos de chip de LED. O chip 3528 e o chip 5050.
Tipos de chip de LED. Quanto maior o número, maior o tamanho do LED.

Esses números representam o tamanho do chip. O 3528 tem 3,5 x 2,8mm e o 5050 tem 5,0 x 5,0mm. Quanto maior for o tamanho do LED, maior será a intensidade da luz e mais potência será consumida.

Qual a tensão das fitas de LED?

Muitas fitas de LED vendidas no mercado já vêm com um kit completo, composto de fita de LED, fonte de alimentação, controlo remoto, conexão WiFi ou Bluetooth, etc. Neste caso, a fonte de alimentação que acompanha o kit certamente é a fonte ideal para aquela fita.

Tipos de fonte para fitas de LED.
Tipos de fonte para fitas de LED.

Para projetos maiores e customizados, provavelmente será necessário comprar a fonte de alimentação separadamente. Esse pode ser um tema confuso para muitas pessoas. Caso queira saber mais, veja nosso post sobre COMO ESCOLHER A FONTE DE ALIMENTAÇÃO PARA FITAS DE LED.

A fita vai ser instalada em área externa ou local molhado (casa de banho)?

Fita de LED instalada na casa de banho
Fita de LED instalada na casa de banho.

Se a fita será instalada em um local externo ou molhado, você vai precisar de uma fita à prova d’água. As fitas mais comuns são classificadas como IP20 ou IP30 e não tem qualquer proteção. Para a instalação em área molhada, você vai precisar de uma fita classificada para IP65 (essas fitas possuem uma camada de silicone e oferecem proteção para jatos ocasionais de água e são ideais para casas de banho) ou IP67 / IP68 (essas fitas são totalmente vedadas em uma cápsula de silicone e garantem uma proteção mais elevada, portanto são ideais para áreas externas expostas à chuva).

Conexão com Amazon Alexa e Google Home

Dispostivo Amazon Echo
Dispostivo Amazon Echo permite conexão com fitas de LED compatíveis.

Muitas fitas disponíveis no mercado são controladas via WiFi e podem ser conectadas aos dispositivos de smart home, como Amazon Echo (Alexa) e Google Home. Verifique a compatibilidade de acordo com o modelo.

Fitas de LEDs programáveis individualmente

Essas são fitas de LED especiais. Cada LED pode ser controlado individualmente em sua cor e brilho, permitindo assim a criação de diversos desenhos e efeitos. Essas fitas são mais utilizadas pelo público de programadores de microcontroladores (arduíno, raspberry pi, etc) e exigem conhecimento em programação para a criação dos efeitos mais complexos. As fitas de LED programáveis individualmente (individually addressable, em inglês) mais comuns são do tipo WS2811, WS2812, WS2813 e WS2815. O microcontrolador precisa ser compatível com o tipo da fita.

Fita de LED programável conectada a microcontrolador
As fitas de LED programáveis poder ser utilizadas com microcontroladores.

Se você não é programador, é possível comprar microcontroladores WiFi que possuem diversos efeitos pré-programados e que podem ser utilizados por qualquer pessoa através de uma aplicação de telemóvel.

Acessórios das fitas de LED

Existem diversos acessórios das fitas de LED que são essenciais para um resultado excelente do projeto de iluminação.

Conectores

Acessórios e conectores para fitas de LED
Acessórios e conectores para fitas de LED.

Seja para emendar fitas em linha reta ou fazer curvas de 90 graus, os conectores de fita de LED são essenciais durante a instalação. Não necessitam de solda, basta unir as pontas (com atenção para não inverter os polos positivo e negativo) e fechar o conector.

Perfis difusores

Perfil difusor para fita de LED
Perfil difusor para fita de LED.

Para que os LEDs não fiquem aparentes e para que luz seja melhor distribuída pelo ambiente, o ideal é fazer o uso dos perfis difusores. Os mais usados são os de canto, usados no teto. Perfis retos também estão disponíveis para uso em qualquer superfície. Os perfis podem ser de alumínio (ajudam na dissipação do calor) ou de silicone (oferecem resistência à água, mas dificultam a dissipação do calor). É necessário verificar a largura da fita de LED e do perfil, para garantir que sejam compatíveis.

Clips de suporte

Clips de suporte para fitas de LED
Clips de suporte para fitas de LED.

O mais recomendado é sempre fazer o uso do perfil difusor, pois a qualidade da iluminação será superior. Entretanto, caso necessite fixar a fita diretamente à superfície, utilize clips de suporte. Algumas fitas possuem um adesivo na parte de trás, mas em geral são fracos e podem cair com o tempo. Com os clips, você garante que a sua fita ficará sempre na posição correta.

Acha que nosso post pode ajudar mais alguém? Partilhe!
O link foi copiado
Você também pode gostar
Os 4 melhores aspiradores para carro de 2024
LIMPEZA E ARRUMAÇÃO
Os 4 melhores aspiradores para carro de 2024
Quando você leva o seu pet a um passeio ou quando seus filhos fazem aquela bagunça no banco de trás, os aspiradores portáteis são ideais para se ter no porta-malas do carro.




As listas de melhores produtos do Cá em casa são sempre compostas por produtos com excelente avaliação dos consumidores e de fabricantes reconhecidos pelo mercado. Todos os produtos contidos nas listas são excelentes opções de compra. A ordem da lista serve apenas para organizar melhor o conteúdo. As nossas listas servem para facilitar o processo de escolha dos produtos para os nossos leitores. Se um produto não aparece em nossas listas, não quer dizer que não seja uma boa opção.
Mais lidos
1
Os 6 melhores aspiradores verticais de 2024
Cá em Casa
Quem somosContactoPolítica de privacidade

O conteúdo presente neste website tem fim informativo e não substitui o aconselhamento dos respectivos profissionais de cada área. Alguns links de produtos do Cá em casa são links de afiliados da Amazon. Isso significa que se você realizar uma compra, nós receberemos uma pequena comissão. Nós só indicamos o que de fato recomendamos. As comissões que recebemos nos ajudam a manter o site e melhorá-lo.